Toshi wa Yume
Bem-Vindo ao fórum da Toshi Wa Yume(Cidade dos Sonhos), cadastre-se e junte-se a nós Very Happy

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Naruto] A Bibliotecária - Cap 04

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Naruto] A Bibliotecária - Cap 04 em Qui Maio 19, 2011 1:52 pm

Shiroyuki

avatar
Morador Ancião


Capítulo 4


No pequeno restaurante familiar, os únicos clientes eram um casal de adolescentes, sentados nos altos bancos em frente ao balcão. Ambos já haviam feito seus pedidos e agora aguardavam em silêncio, com os rostos em brasa, sem nem mesmo conseguir olhar na direção um do outro. Vez ou outra, o loiro abria a boca para falar alguma coisa e quebrar o silêncio incômodo, mas logo desistia, e voltava a fitar seus próprios pés, ou o banco vazio ao seu lado. A garota fitava o vazio, segurando com força desnecessária o livro entre seus dedos, como se fosse um escudo.

— Aqui está! – o homem de meia-idade, dono do restaurante, entregou duas tigelas fumegantes a eles, com um sorriso satisfeito. Não parecia achar estranho ver clientes a essa hora da tarde.

Os olhos azuis de Naruto brilharam intensamente ao ver o prato. Sem nem esperar, ele atacou o rámen, então finalmente pareceu lembrar-se de algo, parando no meio do caminho.

— E então, Hinata-chan... o que achou...? – ele parecia inseguro, como se tivesse feito ele mesmo a comida. Hinata sorriu e experimentou, calmamente e sem fazer nenhum ruído.

— É ótimo! – Ela afirmou, sorrindo, com seus olhos cintilando tanto quanto os do garoto. Parecia absolutamente deslumbrada – nunca comi algo assim!

— O QUE? – Naruto gritou e balançou os braços freneticamente, lançando então um olhar de preocupação excessiva a garota, como se ela corresse algum risco de vida – Você nunca comeu rámen? – indagou cauteloso.

— Já comi. O da minha mãe, apenas... não era tão bom – ela explicou, olhando fixamente para a tigela

– e nunca havia comido algo assim a essa hora, também.

— Aaah! Sempre é hora para rámen – bradou, estufando o peito.
Hinata riu silenciosamente, escondendo com a mão, e logo depois voltou a comer, seguida pelo loiro. A refeição seguiu sossegadamente, com apenas alguns comentários casuais eventualmente.

— Hm... pois é... – Naruto tentava começar algum assunto. O silêncio esmagador o fazia entrar em pânico, e o fato de Hinata ser uma garota de poucas palavras era ainda mais desesperador – quantos anos você tem, Hinata-chan?

— 13 – Hinata respondeu com a voz fraca, o rosto corando subitamente ao ouvir seu nome sendo falado tão casualmente por Naruto.

— Ah, eu também! – Naruto riu sem graça, despenteando os cabelos atrás da cabeça. Amaldiçoava-se em pensamento por ter feito uma pergunta tão óbvia, eles estavam na mesma série, era apenas uma questão de dedução.

Depois que Hinata terminou seu prato, e Naruto acabou com o seu sétimo, os dois foram embora,
andando sem rumo pelas ruas. Hinata não sabia bem o que deveria fazer, ou para onde ir, então de certa forma, apenas seguia Naruto onde quer que ele estivesse indo.

—Então, Hinata-chan, você vai fazer alguma coisa agora? Quer dizer, se você tiver marcado de sair com algumas amigas...

— Não tenho amigas. – Hinata respondeu simplesmente. Não havia traço de tristeza, ou mágoa em seu tom de voz, era apenas a constatação de um fato.

Naruto a fitou por alguns instantes, sem saber como agir diante dessa situação. Sempre estivera rodeado de amigos, de pessoas que queriam falar com ele, estar por perto, rir junto, enfim, ele nunca ficou sozinho nem por um momento, e nem mesmo aguentaria. Era surreal imaginar que ela estivesse sempre sozinha dessa forma, Naruto não conseguia compreender essa realidade.

— E... você... gostaria de ter? – Naruto, hesitante, por fim resolveu perguntar. Não havia preocupação, nem piedade em seu olhar, apenas pura e simples curiosidade.

— Não – Hinata queria falar mais, dizer eu não achava mais necessário ter companhia, que apenas os seus livros já eram o suficiente, contar que por muitas vezes já havia tentado se aproximar das suas colegas de turma, mas era sempre ignorada, ou por muitas vezes nem era percebida. Ela realmente queria falar, mas tudo o que saia de seus lábios eram respostas monossilábicas.

— Então, você se importaria se eu fosse seu amigo? – Naruto perguntou, com a voz quase sumindo (o que era bastante raro, se não inédito), fitando o céu disfarçadamente.

— Eu... gostaria – Hinata murmurou, sem conseguir encarar o loiro diretamente. Lágrimas teimosas e involuntárias vieram se juntar no canto dos orbes perolados, mas Hinata abaixou ainda mais a cabeça, escondendo-se embaixo da franja, para que ele não notasse.

A calmaria incômoda logo se alojou novamente, deixando Naruto desconfortável.

— Ei, você não quer ir até lá? – Naruto apontou indiscretamente para o parquinho do outro lado da rua. Algumas poucas crianças brincavam despreocupadamente, passarinhos cantavam e os bancos embaixo da sombra das árvores eram bastante convidativos. Hinata apenas balançou a cabeça afirmativamente, imaginando que aquele era um bom lugar para ler, e os dois seguiram para o banco.

Logo após os longos segundos de constrangido silêncio, Naruto começou novamente a puxar assunto. Isso viraria uma espécie de hábito, o garoto notou assim que abriu a boca para falar.

— Hm... Hinata, você não iria ficar feliz se tivesse alguém para conversar? – Naruto observava atentamente a todas as reações da garota, até mesmo os mínimos gestos, procurando por qualquer sinal de hesitação, tristeza, resumidamente, ele queria saber se ela sofria por estar sozinha. Naruto tinha certeza que sim, pois era inconcebível para ele que alguém pudesse ser feliz sem estar rodeado de pessoas que riem das suas piadas, e que digam que você é uma boa companhia, ou qualquer coisa assim.

— Eu estou bem. E tenho você para conversar... não tenho? – Hinata dizia sussurrante, sem olhar na direção de Naruto. Seu rosto vermelho demonstrava o quanto ela estava nervosa em falar nesse tipo de assunto, mas Naruto estava com a cabeça cheia demais de pensamentos para notar, embora estivesse realmente se esforçando para isso. Olhando ao redor, um pensamento surgiu repentinamente em sua cabeça, e ele tinha a imagem perfeita para mostrar a Hinata que ela precisava de amigas.

— Ei, Hinata-chan, olha lá! – ele apontou para o outro lado da rua. Algumas garotas, passavam, rindo e conversando, todas elas carregando instrumentos musicais. Hinata logo percebeu que se tratava dos membros do Clube de Música da escola, as conhecia das vezes em que foram procurar por partituras e revistas de música na biblioteca, e também havia assistido a uma apresentação no início do ano.

Apesar de estarem chamando bastante atenção das pessoas que passavam por elas, e serem realmente diferentes umas das outras, elas pareciam especialmente felizes.

Hinata observou a cena por alguns instantes, e depois olhou para Naruto, com a cabeça inclinada em dúvida. Ele riu da expressão confusa que ela tinha e logo se preparou para dar-lhe alguma explicação sobre as coisas da vida. Respirou fundo, lutando contra as palavras que queriam sair todas juntas, ordenou seus pensamentos, e então, começou:

— Sabe, Hinata-chan, ninguém consegue viver direito sozinho... é por isso que as pessoas tem amigos. Você não vê o quanto aquelas garotas estavam felizes de estar juntas? Eu também quero que você seja feliz, e por isso... bom... eu vou te ajudar a fazer amigos! Você não quer conhecer várias pessoas como aquelas, e sorrir daquele jeito?

— Não ia ser ruim...

— Claro que não! E então, vamos fazer amigos? — ele levantou com energia do banco, estendendo a mão para Hinata. Ela pousou delicadamente a ponta dos dedos na mão do garoto, absorvendo aos poucos o calor que ele irradiava. Tudo nele era brilhante e quente, ela pensou. Ele era o próprio Sol, alegre, caloroso, convidativo. E laranja... ela sorriu, notando a preferência de cores do loiro. Naruto abriu mais ainda o seu sorriso, ao perceber que Hinata também sorria, e sentiu-se mais confiante em sua missão. Ele faria de tudo para fazê-la sorrir mais vezes, e se tivesse sorte, poderia conseguir até mesmo uma gargalhada!

Ver perfil do usuário http://skip-turn-step.tumblr.com/

2 Re: [Naruto] A Bibliotecária - Cap 04 em Sex Maio 20, 2011 4:21 pm

SecreT

avatar
Engenheiro/Editor
Sabe que sou fã das tuas fanfics ne? xD Pelo menos a Bokura no Love Style e essa ai X.X Essa fanfic da bibliotecária é muito show^^Parabéns Shiro-chan xD




Projetos:
Nerumi Hime Ni 100 Man Kai No Kai One-Shot(Engenheiro) - Concluído
Cocoa!(Engenheiro) - Concluído
Garakuta Tenshi One-Shot(Engenheiro) - Concluído
Seishun Shiteru Kai!(Engenheiro) - Concluído
Kitchen Princess(Engenheiro) - Andamento
Hime-chan no Ribon(Engenheiro) - Andamento
Hiyokoi(Mestre de Obras) - Andamento
Namida Usagi Seifuku no Kataomoi(Mestre de Obras) - Andamento
Strobe Edge(Mestre de Obras) - Andamento
ARISA(Mestre de Obras) - Andamento

Algum erro nesses projetos?Me avise por MP,provavelmente a culpa é minha xD
Ver perfil do usuário http://toshiwayume.blogspot.com/

3 Re: [Naruto] A Bibliotecária - Cap 04 em Sex Maio 20, 2011 5:32 pm

Shiroyuki

avatar
Morador Ancião
Obrigadaa!!!! Nyaaan, eu fico muito feliz de vc dizer q é meu fã
Honto ni arigatoo~

Ver perfil do usuário http://skip-turn-step.tumblr.com/

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum